Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2019/2020

Escola

EB2,3/S Maria Isabel do Carmo Medeiros

Exposição de motivos

Na assembleia escolar foram aprovadas três medidas que passam pela sensibilização dos mais novos, isto é, começar a mudar a mentalidade, ensinar-lhes os valores corretos para estes quando forem adultos não maltratarem o seu parceiro. Devia ser criado um novo departamento na polícia para tratar de questões de violência doméstica e de proteção da vítima. Devia existir uma especialização de juízes para as questões de violência doméstica, de forma a haver sentenças mais justas e mais rápidas.

Medida proposta 1.:

Sensibilização dos mais novos,isto é, começar a mudar a mentalidade, ensinar-lhes os valores corretos para estes quando forem adultos não maltratarem o seu parceiro.

Medida proposta 2.:

Criação de um novo departamento na polícia, especializado em violência doméstica. Seria uma maneira das vítimas se sentirem mais à vontade, e no caso das aldeias com menos população onde muitas vezes a polícia não chega a apresentar a ocorrência por conhecer o agressor, a polícia desse departamento conseguiria aconselhar a vítima de uma melhor maneira e agir de uma forma justa.

Medida proposta 3.:

Criar uma especialidade dentro dos juízes, ou seja, nos julgamentos de violência doméstica, só um dos juízes especializados no tema é que poderia julgar o caso. Esta medida vinha ajudar na elaboração de sentenças mais justas e mais rápidas.