Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2019/2020

Escola

Colégio do Ave

Exposição de motivos

Promover a informação e consciencialização do problema e da sua dimensão.

Medida proposta 1.:

O combate à Violência no Namoro e/ou Violência Doméstica começa pela prevenção! Como a base da educação se constrói em casa, pretendemos, através de sessões nas escolas, a sensibilização de pais e/ou encarregados de educação sobre este assunto, de forma a que estes sejam capazes de identificar quando os seus educandos estão numa relação abusiva, saibam quando agir e o que fazer e que os eduquem de modo a não se tornarem nem vítimas nem agressores, entre outros.

Medida proposta 2.:

Só existe Violência no Namoro porque existe violência! A aposta deveria ser reduzir os índices de violência nas crianças, a todos os níveis. Sem os ideais de violência, virar-se contra o parceiro não será uma questão. O caminho da não violência ensina-se!

Medida proposta 3.:

A nossa medida aposta em desenvolver um cartão com pontos, ao qual chamamos “Cartão de Cidadania”. Caso o indivíduo pratique algum tipo de violência, ser-lhe-ão retirados pontos. Este cartão funcionará sempre paralelamente ao tribunal e ao Código Penal, sendo que, à medida que os pontos são retirados, o indivíduo terá que prestar serviço comunitário.