Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2019/2020

Escola

Escola Básica e Secundária Santos Simões, Guimarães

Exposição de motivos

Em Portugal, no ano de 2019, registaram-se 35 mortes em contexto de violência doméstica, um número bastante superior ao do ano de 2018 e extremamente preocupante. Também é um facto de que a violência no namoro é um problema social relevante, ao qual não se tem dado suficiente atenção. Compete aos jovens a sensibilização, consciencialização e informação para no futuro evitar essa situação. É urgente mobilizar os jovens para a erradicação deste flagelo da sociedade. Compete a eles, mais do que a ninguém, influenciar e transformar atitudes e comportamentos de outros jovens. Desse modo, propomos três medidas práticas que pretendem combater e eliminar este grave problema da nossa sociedade.

Medida proposta 1.:

Contemplar o tema da Violência Doméstica nos programas educativos, desde o ensino pré-escolar.

Medida proposta 2.:

Aperfeiçoamento do sistema judicial criminal – formação dos profissionais que contactam com as vítimas de violência doméstica.

Medida proposta 3.:

Programa de aulas de autodefesa com o intuito de proteção da vítima.