Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2019/2020

Escola

Escola Secundária D. Maria II, Braga

Exposição de motivos

A violência doméstica é um flagelo dos nossos dias. Nem sempre assim foi, tempos houve em que a violência do homem sobre a mulher era entendida como aceitável e até normal. Felizmente, hoje, esse não é o entendimento generalizado, porém os casos de violência doméstica e no namoro são recorrentes e exigem que se tomem medidas para que as mentalidades se alterem definitivamente. Quanto à - violência da mulher sobre o homem, é que sempre foi: uma vergonha social, daí as poucas queixas e a ignorância quanto à verdadeira dimensão do problema. Ainda que seja impossível eliminar por completo este desrespeito pelos direitos humanos, tentaremos, pelo menos, que seja levado para uma dimensão residual. As nossa medidas, além de visar o quadro legal, pretendem, sobretudo, direccionar-se à mente de cada, promovendo, assim, uma mudança de atitudes e uma diferente consciência social do problema.

Medida proposta 1.:

- Publicar no site do Ministério da Justiça o nome e a fotografia dos condenados por violência doméstica.

Medida proposta 2.:

- Organizar, anualmente, campanhas de sensibilização sobre a violência doméstica (Palestras nas escolas, Teatro de rua, panfletos, painéis publicitários…)

Medida proposta 3.:

- Criar histórias/animações sobre o respeito pelo outro (a passar em canais infantis/juvenis ou programas para crianças e jovens de canais generalistas)