Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2019/2020

Escola

ES Antero de Quental

Exposição de motivos

É necessário sensibilizar e educar, desde cedo, para uma realidade que se quer combater, como é o caso da violência doméstica e no namoro. Que linguagem usar para captar a atenção de crianças e jovens? Consideramos também importante que as vítimas se sintam apoiadas para poderem agir e defender-se do agressor através de meios físicos e virtuais, quer para pedirem ajuda quer para se informarem. Além disso, qualquer um pode, através desses meios, denunciar. Pedidos de ajuda e denúncias são confidenciais. Em “caixas” criadas para o efeito, nas escolas e num site, qualquer aluno pode denunciar uma situação de violência, de forma anónima ou não. No site, haveria, ainda, testemunhos e outras informações úteis. Este iria incluir um aviso para os usuários limparem o histórico, caso o agressor tenha controlo virtual sobre a vítima.

Medida proposta 1.:

1. Sensibilização dos mais novos: diversificação de estratégias - maior recurso a apresentações alternativas às palestras, como, por exemplo, peças de teatro ou teatro de fantoches, de modo a captar a atenção, principalmente, de alunos a partir do 1.º ano.

Medida proposta 2.:

1. Caixa de Apoio: disponibilização de uma caixa de apoio, física em todas as escolas e virtual através de um site a que todas as pessoas poderão ter acesso.

Medida proposta 3.:

---------