Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2019/2020

Escola

Escola Básica António Alves Amorim, Santa Maria da Feira

Exposição de motivos

1ª MEDIDA • Promover ações de rua. O objetivo é a sensibilização para esta temática e fazer cumprir a lei. Envolver figuras públicas da região que poderão dar a cara por esta problemática. Meios de mobilização: redes sociais e média locais. 2ª MEDIDA • Incluir no currículo escolar, de forma explícita, esta temática. O principal objetivo é capacitar as crianças e jovens para identificar, denunciar e agir e que consigam fazê-lo em idades cada vez mais precoces. Meios de mobilização: propor ao ME a relevância da inclusão do tema no currículo explícito. 3ª MEDIDA • Criar plataformas: Física (caixas da violência) e digital (linha telefónica, endereço eletrónico, site, blog e redes sociais) a divulgar na escola e noutros locais da comunidade (Junta de Freguesia, Unidade de Saúde e outros locais públicos). O principal objetivo é identificar os casos de violência com a maior brevidade possível e apoiar a vítima, considerando que estas plataformas têm a vantagem de não deixar rasto e a digital de estar acessível a todos. Meios de mobilização: Escola e Comunidade

Medida proposta 1.:

• Promover ações de rua.

Medida proposta 2.:

• Incluir no currículo escolar, de forma explícita, a temática da violência doméstica e no namoro.

Medida proposta 3.:

• Criar plataformas: Física (caixas da violência) e digital (linha telefónica, endereço eletrónico, site, blog e redes sociais) a divulgar na escola e noutros locais da comunidade (Junta de Freguesia, Unidade de Saúde e outros locais públicos).