Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2019/2020

Escola

Escola Básica e Secundária de Alcains, Castelo Branco

Exposição de motivos

Segundo o relatório "Saúde Mental em Números - 2014" - somos dos países da Europa com maior prevalência de doenças mentais e os campeões das perturbações de ansiedade e do controlo de impulsos. O estudo aponta ainda para o elevado consumo de bebidas alcoólicas e da acentuada desigualdade social e económica como principais causas de agressividade. Perspetivamos as medidas que propomos como "VACINAS" para a violência doméstica e no namoro. As medidas 1 e 2 permitirão o diálogo regular e acompanhamento por terapeutas, de modo a evitar o agravamento de situações de tensão. Sabemos contudo que ainda existe muito preconceito na procura desta ajuda, que as consultas nos Centros de Saúde são escassas e demoradas. No privado, os preços são impeditivos a quem vive com salários baixos e a comparticipação do Sistema Nacional de Saúde é parca. A medida 3, felizmente já de comum realização nas escolas, defende o aumento da frequência da sensibilização e informação sobre o tema, alertando constantemente as novas gerações para a urgência da mudança de comportamentos.

Medida proposta 1.:

Campanhas de disponibilização de Cheque Psicólogo.

Medida proposta 2.:

Aumentar o número de psicólogos e outros terapeutas no Serviço Nacional de Saúde e a comparticipação das consultas no privado .

Medida proposta 3.:

Dinamizar as DACS nas escolas com debates/ações de sensibilização e esclarecimento, em parceria com a comunidade e organizações locais de proteção à vítima.