Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Básica e Secundária de Ourique, Ourique

Exposição de motivos

Lavar a roupa em água quente tem inúmeras desvantagens. Segundo estimativa do departamento de energia dos EUA, até 90% da energia gasta numa lavandaria vem da energia consumida para executar o aquecimento da água. Além disso, esse aquecimento resulta na emissão de toneladas de dióxido de carbono por ano. Lavar as roupas em ciclos frios vai diminuir acentuadamente o consumo de energia na nossa casa e as roupas ficam limpas, porque os avanços da tecnologia, permitem uma lavagem com água fria muito eficaz, semelhante à lavagem feita com ciclos de água quente. O uso de técnicas limpas e avançadas na agricultura têm muitas vantagens, mas principalmente a redução da emissão de carbono, devendo ser adotadas certas medidas como a recuperação de pastagens, a integração da lavoura-pecuária e a lavoura-pecuária-floresta. A recuperação de gás metano, gera gás natural renovável, como por exemplo bio metano, uma das fontes de energia consideradas limpas. Manter, a curto prazo, e diminuir, a longo prazo, a temperatura no planeta, diminuindo os gases que provocam o efeito de estufa (metano, dióxido de carbono, vapor de água), assim como o intensivo trabalho das fábricas que, por sua vez, vai diminuir a emissão de gases poluentes.

Medida proposta 1.:

1. Lavar a roupa com água fria, e não quente, pode reduzir a emissão de gases de efeito de estufa até 15 vezes.

Medida proposta 2.:

2. Recuperar o gás metano em todos os aterros sanitários.

Medida proposta 3.:

3. Incentivar ao uso de técnicas limpas e avançadas na agricultura para evitar a emissão de carbono.