Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Agrupamento de Escolas de Anadia - Escola Básica e Secundária

Exposição de motivos

A vida na Terra só é possível devido ao chamado «efeito de estufa», um fenómeno natural que é responsável por manter as temperaturas à superfície do planeta em valores propícios. Quando a radiação solar atinge a atmosfera terrestre, uma parte é refletida de volta para o espaço e outra parte atravessa-a, sendo absorvida pela superfície do planeta, provocando o seu aquecimento. O calor assim gerado é emitido em direção ao exterior, sendo que uma parte se escapa para o espaço e outra parte é absorvida pelos gases presentes na atmosfera, designados por «gases com efeito de estufa». Este fenómeno impede que a totalidade do calor escoe para o exterior, mantendo uma temperatura média à superfície de cerca de +15ºC, em vez de -19ºC. Mas para além deste efeito de estufa natural, existem diversos gases com efeito de estufa responsáveis por um aquecimento adicional da atmosfera, e cuja origem se deve a um conjunto variado de causas humanas. A maioria destes gases provém da queima de combustíveis fósseis em veículos, nas fábricas, e nas centrais elétricas. De todos os gases presentes na atmosfera, o principal responsável pelo aquecimento global é o dióxido de carbono (CO2). No entanto, outros gases contribuem também para o mesmo fenómeno, como o metano libertado nos aterros sanitários e na atividade agropecuária (nomeadamente no processo digestivo do gado bovino), o óxido nitroso libertado pelos fertilizantes, e os gases empregues em processos industriais e de refrigeração. A desflorestação traz igualmente consequências, na medida em que menos árvores ficam disponíveis para absorver o CO2. Sendo Portugal um país desenvolvido, torna-se essencial que a temática do aquecimento global e as medidas para o reverter sejam abordadas pelos jovens. Nós somos a causa, mas também a solução! TEMOS QUE SER ATIVO-CRIATIVOS!

Medida proposta 1.:

Redução do uso de plástico descartável (sacos e garrafas), substituindo-os gradualmente por alternativas ecológicas.

Medida proposta 2.:

Integração na disciplina de Cidadania de projetos ambientais, com avaliação obrigatória.

Medida proposta 3.:

Não existe