Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Secundária de Arouca

Exposição de motivos

Fundamentação: Vivemos num planeta com o futuro hipotecado. As mudanças climáticas ameaçam a sobrevivência dos ecossistemas e também o próprio futuro da humanidade. O aquecimento global a que assistimos é de origem antrópica e por isso é o nosso dever parar esta destruição do planeta. 1- Promoção da utilização de veículos elétricos e de transportes públicos O CO2 é o principal responsável pelo aquecimento global. Cerca de 70% das emissões globais de CO2 devem-se à combustão de combustíveis fósseis, e o setor dos transportes representa praticamente um quarto desse valor. Assim, propomos, para combater o aquecimento global, o incentivo ao investimento por parte dos particulares a adquirir o uso de veículos elétricos, mais limpos e mais amigos do ambiente; Fazer a substituição progressiva de transportes públicos e privados para energia elétrica, para isso criando acesso a pontos de carregamento acessíveis à população. 2 - Incentivo ao investimento privado para produção de energia fotovoltaica. Devido ao esgotamento das reservas fósseis de energia e ao aumento constante do preço do petróleo, é prioritário resolver agora os problemas do fornecimento da energia do futuro. Entre distintas energias renováveis, os painéis fotovoltaicos estão a ser empregues em todo o mundo, como consequência do aumento da sensibilidade mundial relativamente ao meio ambiente. Para isso é preciso: alocar recursos financeiros para a construção de infraestruturas de produção de energia fotovoltaica; fomentar o investimento privado em tais infraestruturas com alívio de carga burocrática e incentivos fiscais. 3 - Taxar as actividades produtoras de carbono. Para reverter o aquecimento global propomos taxar atividades económicas que façam combustão de combustíveis fósseis de forma a tornar a sua utilização economicamente inviável.

Medida proposta 1.:

1 - Promoção da utilização de veículos eléctricos e transportes Públicos.

Medida proposta 2.:

2 - Incentivo ao investimento privado para produção de energia fotovoltaica.

Medida proposta 3.:

3 - Taxar as actividades produtoras de carbono.