Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Colégio Valsassina

Exposição de motivos

1. Tivemos a presença, no dia 10 de dezembro de 2018, da deputada Ana Rita Bessa , que foi muito ao encontro das expetativas dos alunos, pois para lá de explicar o funcionamento da Assembleia da República, encetou um diálogo muito proveitoso com os alunos. Mais uma vez, os trabalhos deste projeto foram muito interessantes e articularam-se com a disciplina de Ciência Política. 2.O tema oi transversal com a disciplina de ciências e ocorreram conferências que decorreram no âmbito de Projeto de Escola. 3. As regras do programa tornam-se dificeis de articular com o regulamento do colégio e com a prática lectiva, bem como estrutura organizativa do colégio. Tema proposto: a justiça. EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Plástico! Uma matéria-prima que trouxe muitos benefícios para o Homem. Anualmente, na união europeia, são produzidos 25 milhões de toneladas de resíduos plásticos, dos quais apenas 30% acabam por ser, efetivamente, reciclados. E o que acontece aos restantes 70%? Infelizmente, uma grande parte do plástico não reciclado acaba nos nossos oceanos e mares. Mais concretamente, são 13 milhões de toneladas de plástico a atingir as águas costeiras de todo o mundo, todos os anos. Neste momento, já existem cerca de 150 milhões de toneladas de plástico em águas salgadas, e, se continuarmos com este ritmo, no ano 2050, poderá haver mais plástico do que peixes na água. As consequências desta realidade são inúmeras e não afetam apenas os ecossistemas marinhos. Diversos estudos apontam para os potenciais perigos dos microplásticos, que resultam da degradação do plástico existente na água, para o ser humano. Isto porque estas pequenas partículas vão passando de organismo em organismo ao longo da cadeia alimentar, até atingirem o topo, que muitas vezes corresponde ao Homem. Face a esta realidade, a União Europeia já investiu mais de 350 milhões de euros no desenvolvimento de plásticos mais “verdes” e de novas técnicas de reciclagem. No entanto, consideramos que é necessário impulsionar, ainda mais, a reciclagem em Portugal. Apesar de ser um país pequeno, os portugueses consomem elevadas quantidades de plástico (por exemplo: em média, os consumidores portugueses compram cerca de 65 garrafas de plástico, por ano). Neste sentido, o principal foco das nossas medidas será a reciclagem do plástico, de modo a garantir um oceano mais limpo e azul.

Medida proposta 1.:

Criação de uma máquina de recolha de garrafas de plástico, que serão vendidas com uma sobretaxa. Se o consumidor quiser reaver o valor da taxa terá de depositar o produto na máquina que lhe devolverá a quantia em causa, na forma de um cupão.

Medida proposta 2.:

Divulgação da nossa máquina e sensibilização da população sobre a temática da não reciclagem do plástico através de palestras e cartazes.

Medida proposta 3.:

Criação de um concurso público, associado à entrega de uma concessão marítima com condições bastante acessíveis, para empresas interessadas na produção de energia elétrica através das ondas.