Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Secundária de Sertã

Exposição de motivos

Dada a delicada crise ambiental, na qual nos encontramos, e a consequente necessidade de travar a fundo a emissão de gases poluentes para a atmosfera, o nosso projeto tem como base a sustentabilidade ecológica assente na mudança de hábitos da população, na diminuição de impacto produzido pelo setor agropecuário e na aposta na investigação científica.

Medida proposta 1.:

Aumento de 30% por ano do preço dos sacos de plástico individuais leves, a começar em 2020. Este aumento trará grandes alterações e em 2025 os sacos de plástico individuais leves custarão aproximadamente 50 cêntimos, que é simultaneamente o preço médio de outras alternativas mais sustentáveis e duradouras.

Medida proposta 2.:

Redução de 15% da produção de efetivos bovinos em território nacional. Para que o saldo líquido de emissões de CO2 passe das 60 megatoneladas em 2015 para zero em 2050 são necessárias alterações em vários setores no território nacional. O setor agropecuário é responsável por uma grande parte destas emissões daí ser urgente esta alteração na produção de carne de vaca.

Medida proposta 3.:

Transformar 1,5% do PIB nacional num fundo de financiamento de projetos de Investigação e desenvolvimento, sendo 0,2% destinado à investigação na área da energia do mar. A investigação e desenvolvimento dá ao país um forte apoio no que toca ao seu crescimento sustentável. Demonstra-se assim urgente apoiar esta área, nomeadamente no que toca à energia do mar, ainda pouco desenvolvida em Portugal.