Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Secundária Fernando Namora, Condeixa-a-Nova

Exposição de motivos

O impacto da pecuária nas emissões de carbono, em especial do gado bovino, não é tão forte em Portugal como noutros países, pois é ultrapassado pela eletricidade e pelo tráfego automóvel. Ainda assim, numa primeira análise dos dados disponíveis, o responsável da ZERO estima que a fermentação entérica, proveniente do gado bovino, representa o equivalente a cerca de quatro por cento das emissões anuais de carbono. Em causa está o processo digestivo dos herbívoros ruminantes, que acontece também em ovelhas e cabras, por exemplo, e que leva à produção e libertação de metano. Este gaz é considerado um dos grandes responsáveis pelo efeito de estufa. Além da redução do consumo, até porque “segundo a Organização Mundial de Saúde comemos carne a mais”, podemos também “escolher raças autóctones ou gado que é criado através de regimes de produção mais extensiva”. Da mesma forma que importa reduzir o consumo de eletricidade, há que apostar em fontes renováveis, como é o caso da energia solar (Portugal é um país privilegiado no que se refere à insolação) Para apostar nestas fontes de energia renovável, a contrução de edifícios que sejam sustentáveis e economizadores de energia é uma grande opção , pois Portugal como referimos anteriormente é um país privilegiado no que se refere à insolação, o que iria possibilitar um grande sucesso no que toca ao aproveitamento de energia proveniente dos paines fotovoltaicos e uma consequente redução do consumo de energia elétrica. O Eucalipto, tem vindo a ser uma espécie que tem servido de rastilho a muitos dos incêndios, que tem ocorrido em Portugal, para alem disso é uma espécie que destrói o solo devido á seu consumo elevado de água, o que a torna como um grande inimigo da floresta portuguesa. Ao invés, do eucalipto, temos espécies autóctones que não teriam este efeito devastador no solo, e descarbonizariam o ambiente.

Medida proposta 1.:

Reduzir o consumo de carne de gado bovino e de produtos lácteos considerando que os herbívoros ruminantes, em especial as vacas, contribuem imenso para o aqueci-mento global ao libertarem o metano, gás com forte impacto no efeito de estufa.

Medida proposta 2.:

Criar um conjunto de medidas que incentivassem o aumento da produção de energias renováveis, por exemplo a energia solar e eólica, para as quais temos enormes potencialidades, complementadas com a construção de edifícios com maior eficiência energética.

Medida proposta 3.:

Restringir a plantação de eucalipto, mas incentivando à (re)florestação, com especial atenção para as espécies autóctones, valorizando, ainda, algumas outras culturas co-mo a do cânhamo e, assim, contribuir para a descarbonização ambiental.