Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Secundária Carlos Amarante, Braga

Exposição de motivos

1 - Com esta medida propomos a diminuição da emissão de gases com efeito de estufa. Ao reaproveitar este gás, o metano iria acabar por ser emitido pelo processo de degradação da matéria orgânica. Seria, deste modo, utilizado em substituição de um combustível fóssil, o gás natural. O biometano substitui este combustível na totalidade pelo que pode ser utilizado como combustível para a geração de calor e eletricidade, por exemplo nas nossas casas, bem como combustível veicular. 2 - Os interesses económicos, que envolvem as grandes corporativas nacionais, são um entrave para um desenvolvimento sustentável do meio-ambiente e para a redução do aquecimento global. Deste modo, é importante fiscalizar e averiguar de forma consistente e pertinente os esforços por parte de empresas com grande influência poluidora para reduzir a pegada “não ecológica” no meio-ambiente. Em situação de desobediência e falta de colaboração devem ser aplicadas coimas pesadas, de modo a que seja possível mudar o comportamento das empresas não cumpridoras das regras ambientais. Com os fundos daí provenientes, apostar numa redução da carga fiscal para as empresas (start-up, por ex.) que sejam “amigas” do meio ambiente e que “joguem” a favor do desenvolvimento sustentável. 3 - A produção de carne de vaca e outros produtos é a principal causa de desflorestação e poluição da atmosfera. A redução do consumo seria benéfica não só para a nossa saúde, mas também para o ambiente em geral. O setor da criação de gado bovino é responsável por 18% das emissões de gases poluentes para a atmosfera, essas emissões são essencialmente constituídas por metano, um gás muito prejudicial para a atmosfera dado que captura o calor emitido pelo sol de forma 30 vezes mais eficaz do que o dióxido de carbono. Para além disso, o uso de fertilizantes nas pastagens do gado constitui um risco adicional para a saúde, dado que muitos químicos acabam por escorrer para os cursos de água e por essa via acabam por entrar na alimentação humana. Há tanto consumismo que a sua produção de gado bovino é elevadíssima, sendo que é um fator muito prejudicial, quer para o ambiente, quer para a saúde humana.

Medida proposta 1.:

Utilização do desperdício alimentar à escala comercial para a produção de energia de biomassa e utilização do biogás, biometano, subprodutos deste meio de produção de energia, como combustível.

Medida proposta 2.:

Taxar empresas que prejudiquem o desenvolvimento sustentável, de modo a investir em empresas start-up ecológicas ou numa organização de sensibilização da população no âmbito das alterações climáticas.

Medida proposta 3.:

Alterar os hábitos de consumo (reduzir a produção de carne e de produtos nocivos para o ambiente).