Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Secundária de Gafanha da Nazaré

Exposição de motivos

Desde os primórdios da existência humana, sempre foram registadas alterações climáticas. No entanto, estas mudanças nunca foram tão rápidas como agora. Falemos de números: estima-se que a temperatura média, à superfície da terra, aumente 2.7°C até ao fim do século XXI. Comparando este facto com o período entre o início do século XIX e o século XXI em que a temperatura aumentou apenas 1.02°C, percebemos quão rápido o aumento da temperatura se tornou. A WWF aponta como principais causas do aquecimento global a queima de combustíveis fósseis, a pecuária e a desflorestação. Assim sendo, as nossas medidas estão direcionadas atenuar os problemas causados por essas práticas. Todos sabemos a importância de proteger o ambiente, no entanto, o nosso país não tem uma política ambiental suficientemente forte comparada com outros países da União Europeia. A nossa situação agravou-se claramente com os incêndios florestais dos últimos anos e esta é a altura de reformular e melhorar o que entendemos como a política ambiental portuguesa. A altura de decidir como vamos criar espaços verdes e como os vamos preservar, dando uma nova vida ao nosso país especialmente ás zonas que foram danificadas. A pecuária é altamente prejudicial para o nosso planeta: o gado bovino liberta enormes quantidades de Metano, que contribui bastante para o efeito de estufa. Para além disso, para haver campos que possam ser usados para criação de gado, os produtores recorrem a queimadas, que também libertam Dióxido de Carbono (CO2). Visto que esta atividade é um risco, deve ser reduzida e a única maneira de o fazer é informar a população tentando incutir-lhe uma dieta mediterrânica com reduzido consumo de carnes vermelhas com ênfase no consumo de carnes brancas, leguminosas e peixe. Ainda relativamente às emissões de carbono o tráfego automóvel representa 25% destas. É por isso, importante apostar nos transportes públicos, andar a pé e usar bicicleta. Olhando para o futuro, a aposta nos carros eléctricos/movidos a biocombustível sustentável (“Os Biocombustíveis serão Sustentáveis se fornecerem uma redução de Gases com Efeito de Estufa (GEE) de 50% em comparação aos Combustíveis Fósseis” segundo a Diretiva EU 2015/1513 do Parlamento Europeu e do Conselho) é uma boa maneira de reduzir estas emissões tão perigosas para o nosso ambiente. Com estas medidas vamos conseguir alterar o nosso comportamento a nível pessoal e nacional, para assim conseguirmos melhorar o ambiente e o mundo.

Medida proposta 1.:

Definir uma política ambiental.

Medida proposta 2.:

Promover a dieta mediterrânica.

Medida proposta 3.:

3. Promover transportes alternativos ecológicos.