Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Colégio Santo André

Exposição de motivos

Em relação à primeira medida, sabemos que os combustíveis fósseis utilizados nos transportes são, maioritariamente, não renováveis e muito poluentes, como por exemplo, o Petróleo. Devido à sua composição estes minerais prejudicam o efeito de estufa e agravam a destruição camada de ozono, tanto durante a sua exploração, como durante a sua refinação e como durante o seu transporte e mesmo no seu uso diário, pois emitem gases poluentes para a atmosfera, como o por exemplo o CO2. O efeito de estufa é composto por gases que estão presentes na atmosfera e que todos os dias enviamos para a atmosfera e aumentam a espessura fazendo com que o calor, que não é absorvido pela Terra, fique entre a Terra e os gases e não seja expelido como devia ser no seu funcionamento normal. As consequências que traz são prejudiciais para a continuação da nossa espécie, como por exemplo, o degelo das regiões polares, que fará com que o nível da água do mar aumente e, isto, pode levar à submersão de cidades, o aumento de desastres naturais, a extinção de espécies e a desertificação de áreas naturais. Em relação à camada de ozono, o aumento da emissão dos gases diminui a sua espessura fazendo com que haja um suposto “buraco” na camada de ozono e os raios nocivos vão conseguindo penetrá-los e atingindo a superfície terrestre. Estes raios provocam doenças como o cancro e danificam o sistema imunológico. A segunda medida consiste numa energia limpa 100% renovável que não emite carbono e provém de fontes renováveis (parques eólicos, barragens hidroelétricas, entre outros). Atualmente já há várias empresas que comercializam esta energia 100% verde como por exemplo a Iberdrola, a goldenergy e a EDP. Achamos uma medida possível pois Portugal é um país que tem uma grande exposição solar e muito vento e uma costa marítima muito vasta que se aproveitasse a energia emanada pelas ondas e marés (maremotriz). Ainda que haja desvantagens como a modificação da paisagem, e a poluição sonora, os resultados obtidos seriam determinantes para o nosso futuro e o da Terra, pois as vantagens são bastante visíveis, a diminuição da pegada ecológica e a preocupação ambiental e consciência das necessidades das gerações futuras. Para terceira e última medida temos a abolição de compra e venda de materiais não recicláveis como por exemplo a maioria dos plásticos. Muitas das cantinas e bares não proporcionam aos seus alunos alimentos saudáveis e de boa qualidade, e muitas vezes os que apresentam são bastante poluentes, por isso a nossa ideia é recorrer a outros tipos de alimentos como por exemplo a fruta, pois é algo atrativo, saudável e não necessita de vir embalado, como vimos a possibilidade da fruta apodrecer e o nosso objetivo não é desperdiçar podemos optar por em determinados dias vender sumos naturais feitos com a fruta que não se vendeu e está quase a ficar estragada.

Medida proposta 1.:

Diminuir o consumo de combustíveis fósseis utilizando o biodiesel como fonte de energia alternativa.

Medida proposta 2.:

Optar ela Energia 100% verde distribuída pela EDP em estabelecimentos como escolas.

Medida proposta 3.:

Proibir o uso de materiais não recicláveis nas cantinas e bares escolares.