Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Profissional Amar Terra Verde

Exposição de motivos

Os problemas ambientais são hoje um dos maiores desafios que se colocam ao Homem. A degradação e o esgotamento dos recursos naturais são o resultado da pouca eficácia de políticas que foram sendo despejadas na sociedade, mas nunca verdadeiramente implementadas, talvez com a exceção dos países nórdicos. A forma como temos encarado e tratado a “nossa casa”, a Terra, não tem sido a melhor, mas se formos capazes de recrear novas políticas que tenham como linhas de orientação o proteger, o cuidar e o preservar, teremos, indiscutivelmente, um mundo melhor e mais saudável, e que respeite o verdadeiro sentido do conceito de desenvolvimento sustentável: preservar o presente e assegurar o futuro...para todos. A Terra é uma provisora de recursos infinitos que afinal descobrimos não o serem! O facto de consumirmos mais do que ela nos pode realmente dar, mas ainda assim bem mais do que aquilo necessitamos fez com que o planeta entrasse em colapso. E são estas mudanças, visíveis e cada vez mais devastadoras, o resultado e consequência, apenas e só, do nosso egoísmo que ameaça a biodiversidade e a nossa própria sobrevivência. Devemos promover, mas também exigir, a concretização de ideias promotoras e de uma real mudança de atitudes e comportamentos, individuais e coletivos, para um melhoramento de vida a nível global. Devemos ter plena consciência que o problema do “outro” é também o nosso problema, e que a iniciativa de o resolver deve sempre começar por nós mesmos com pequenos gestos, por vezes, mas assertivos.

Medida proposta 1.:

Investir em contentores do lixo, que contenham um sistema de identificação para que detetem os resíduos pertencentes ao ecoponto devido, e assim ajudar e ensinar a fazer a separação correta. Simultaneamente, estes mesmos contentores poderiam estar ligados a uma aplicação gratuita, em que a correta separação fosse premiada com créditos que poderiam ser transformados em benefícios fiscais.

Medida proposta 2.:

Reduzir o uso do ar condicionado e incentivar ao uso da película ecológica. Numa primeira fase seria implementada em edifícios públicos (o estado como pessoa de boa fé deve dar o exemplo) e posteriormente alargar a todas as construções com carácter de obrigatoriedade. Dependendo dos metros quadrados necessários a película consegue manter uma temperatura estável de 20°C numa determinada área, quer em períodos quentes como em períodos frios.

Medida proposta 3.:

Reutilizar as folhas das árvores, caídas e secas no chão, compactá-las e reutilizá-las nas lareiras em substituição das tradicionais canhotas que implicam o corte de árvores. Com isto combatemos a desflorestação e as queimadas. Paralelamente a esta medida propomos a obrigatoriedade, através da distribuição gratuita, da colocação de filtros em todas as chaminés.