Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Carvalhais, Mirandela

Exposição de motivos

1ª Medida: - Consideramos que a água engarrafada contém toxinas e, por outro lado, as garrafas de plástico não são sustentáveis; -As garrafas de plástico em contacto com o calor vão libertar substâncias químicas que podem ser nocivas para a saúde, causando doenças como o cancro. - Com a existência de mais ecopontos e promovendo campanhas de sensibilização da população, contribuir-se-á para a diminuição da poluição; - Defendemos que as garrafas de plástico deveriam ser substituídas por garrafas produzidas através de materiais biológicos. 2ª Medida: - Plantio direto (sementeira direta); - Utilização de animais devidamente domesticados; - Mobilização mínima dos solos, evitando a erosão e a combustão libertada pelos tratores; - Preparação do solo com coberto vegetal e com resíduos orgânicos; - Fica mais barato o controlo das infestantes com recurso à trituração em vez de mobilização do solo. 3ªMedida: - Fazer a recuperação da água onde haja convergência de linhas de água recorrendo à abertura de charcas; - Sistema de baixo investimento; - Reduz o uso da água pública; - É uma prática sustentável; - Ações de formação sobre regas.

Medida proposta 1.:

1. Controlo na venda de água engarrafada nas escolas, garantindo a qualidade da água canalizada.

Medida proposta 2.:

2. Evitar a lavragem excessiva do solo, promovendo outros tipos de mobilização do mesmo.

Medida proposta 3.:

3.Recuperação da água da chuva para a realização de regas. Nota