Parlamento dos Jovens - Secundário


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Profissional Monsenhor João M. A. Ferreira

Exposição de motivos

Somos a geração que cresceu a ouvir falar dos problemas ambientais e da necessidade de preservar o meio ambiente. Desde pequenos que ouvimos falar em reciclar o papel, o plástico e o vidro, separando os resíduos em vez de os depositar no lixo. A consciência ambiental e o respeito pela natureza estão diariamente presentes nas redes sociais, nas notícias e até na publicidade. No entanto, o nosso planeta está cada vez mais poluído, cada vez mais explorado e, nos últimos tempos, ouvimos com cada vez mais frequência que atingimos o “ponto sem retorno” nas alterações climáticas. A nossa geração foi ensinada e aprendeu a respeitar o nosso planeta. Sabemos o que temos de fazer para reduzir a dependência dos combustíveis fósseis e assim acabar com a poluição atmosférica. Sabemos que temos de respeitar o ciclo da vida e o equilíbrio necessário à renovação dos recursos naturais, sem os quais não conseguimos viver: a terra, a água e o ar. Mas o nosso planeta continua em perigo, por mais que nós, jovens cidadãos, façamos para preservar o nosso mundo, ele continua em declínio, e com ele a nossa qualidade de vida. Por isso, conscientes que o problema que nos assola não depende só de nós, jovens cidadãos, pretendemos mudar a consciência daqueles que têm o poder e a força necessária para salvaguardar a Vida das gerações futuras.

Medida proposta 1.:

Produzir menos e de forma sustentável.

Medida proposta 2.:

Taxar as empresas com modos de produção não sustentáveis.

Medida proposta 3.:

Reduzir o volume de lixo e o número de lixeiras a céu aberto.