Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Básica André de Resende, Évora

Exposição de motivos

Considerando que as Alterações Climáticas – Salvar os Oceanos - estão na ordem do dia e afetam diariamente milhões de seres vivos no mundo inteiro, propomos medidas que alterem o comportamento das pessoas, em prol de uma mudança de mentalidades e de modus operandi, na defesa urgente e inadiável dos nossos rios e oceanos. Não obstante existirem leis que regulamentam alguns procedimentos nas nossas praias (fluviais e marítimas), as mesmas têm sido ineficazes, porquanto os quilos e quilos de plástico continuam a chegar todos os dias ao mar, seja por via dos rios, seja pela mão “criminosa” do homem. As nossas medidas pretendem não só a mudança de procedimentos e de mentalidades, mas ainda a aplicação de sanções para os todos os prevaricadores.

Medida proposta 1.:

Uma vez que muitas empresas recebem subsídios estatais, propomos que o governo premeie as empresas que ajam de forma ecológica, não utilizando substâncias nocivas para a saúde nem despejando detritos industriais nos rios e nos mares, obrigando as mesmas a utilizarem materiais renováveis.

Medida proposta 2.:

Substituir a venda de produtos alimentares, de limpeza e outros produtos utilitários, produzidos em plástico, por produtos fabricados com materiais biodegradáveis, no sentido de se evitar que muitas dessas embalagens de plástico vão para o mar, com todas as consequências nefastas para a vida dos oceanos. A par deste medida, implementar uma tara elevada às embalagens de plástico passíveis de devolução, incentivando os consumidores a devolverem as mesmas, em troca da devolução da respetiva tara.

Medida proposta 3.:

Fortalecer as campanhas de limpeza das zonas balneares, colocando imagens alusivas às consequências da poluição dos oceanos à entrada das mesmas e utilizando outros métodos de limpeza.