Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

EB1,2,3/S /JI Manuel Azevedo da Cunha

Exposição de motivos

Os deputados que representam a EB 1,2,3/S/JI Manuel Azevedo da Cunha têm como objetivo propor medidas que possam efetivamente SALVAR OS OCEANOS. Os oceanos têm uma extrema importância, pois ocupam 71% da superfície da Terra o que permite regular a vida no planeta. Estes são fundamentais para o equilíbrio ecológico do planeta, sendo que cerca de 70% do oxigénio libertado para a atmosfera é produzido pelo fitoplâncton durante processo de fotossíntese. O oceano é sem dúvida uma das maiores e mais bonitas maravilhas do mundo, nele habitam imensos seres vivos, porém não o estamos a preservar, pelo contrário estamos a destruí-lo cada vez mais. Lixos materiais, derrames de petróleo, combustíveis e outros produtos químicos, lançamento de esgotos domésticos e industriais e acidentes em oleodutos ou plataformas são as maiores causas da poluição dos oceanos. Sabiam que foi descoberto no Oceano Pacífico um amontoado de lixo que já é maior do que todo o território francês? Ou que cerca de sete milhões de toneladas de resíduos são despejados nos mares e oceanos do planeta todos os anos. Pneus de automóveis, garrafas, sacos de plástico, redes de pesca contam-se de entre os resíduos mais comuns. É estimado que isto afete mais de 600 espécies de fauna marinha, das baleias às tartarugas, e ainda as aves, e que 100 mil mamíferos marinhos morrem todos os anos por causa do lixo, ou mesmo que os peixes de profundidade média do Oceano Pacífico Norte ingerem, anualmente, entre 12 mil a 24 mil toneladas de plástico - o que equivale a 480 milhões de garrafas de plástico de dois litros ou ao peso de 132 baleias azuis, ou mesmo que a pesca excessiva e insustentável é responsável pela extinção de diversas espécies, e que se continuar a este ritmo já nada haverá para pescar por volta do ano 2048. E por último, mas não menos importante sabiam que os recifes de corais também são vítimas visíveis da atividade humana. O aquecimento global, o assoreamento, a poluição e outros fenómenos estão a desgastar os corais até à morte.

Medida proposta 1.:

- Incentivo à criação de formações que se irão basear na salvação de animais marinhos. Estas seriam facultadas por biólogos marinhos especializados, e seriam patrocinadas pelas câmaras municipais, destinadas à população em geral, mas principalmente aos pescadores. Por exemplo se um pescador encontrar um golfinho, que necessite de ajuda, devido à formação adquirida, este saberá como salvá-lo.

Medida proposta 2.:

Construção de um barco, com o apoio da União Europeia, capaz de realizar a limpeza marítima, barco este que terá uma espécie de pá/rede que irá limpar a superfície da água. Todo o lixo recolhido será armazenado num depósito que estará dentro do barco. Em terra todo o lixo recolhido será separado e reciclado, e a implementação de legislação em que seja obrigatório a colocação de filtros nos tubos de esgotos, penalizando os concelhos que não apliquem a legislação em vigor.

Medida proposta 3.:

Sugerir às câmaras municipais com o devido apoio governamental, que se realizem limpezas mensais e/ou trimestrais às orlas costeiras, para que estas se mantenham sempre limpas. Todo o lixo recolhido será separado e reciclado, o que não seja possível reciclar será reencaminhado para inceneração.