Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Básica de Arrifana, Santa Maria da Feira

Exposição de motivos

As alterações climáticas afetam toda a humanidade, as gerações atuais e as futuras. O tema do Parlamento dos Jovens, deste ano, foi por isso, um tema que teve a fácil adesão dos participantes neste projeto e da comunidade escolar em geral. Como agrupamento de escolas pertencente a uma zona costeira de alto risco - o Distrito de Aveiro - o subtema do ensino básico: "Salvar os Oceanos", afeta-nos de forma particular.Segundo os dados mais recentes prevê-se que cerca de 40% do território deste Distrito, fique submerso, pelo que urge uma mudança de mentalidades e comportamentos. Como jovens cumpre-nos lutar pelo nosso Planeta e pela possibilidade de uma vida condigna , para nós e para as próximas gerações. Para tal é necessário optar por uma economia sustentável e por comportamentos mais cívicos e ecológicos:Limpar os oceanos; prevenir/ diminuir a poluição; separar, reciclar os lixos; evitar produções e consumos supérfluos e prejudiciais à humanidade.

Medida proposta 1.:

Aplicação de multas substanciais às empresas que num prazo máximo de cinco anos não substituam a utilização do plástico nos seus produtos ou que não reduzam em pelo menos 80% a sua utilização.

Medida proposta 2.:

Proibir a utilização de garrafas de plástico. Substituí-las por garrafas de vidro concedendo benefícios fiscais ou outros, a quem recorrer à sua reciclagem.Que poderia ser efetuada em superfícies comerciais ou em locais estrategicamente escolhidos e preparados, pelas autarquias para o efeito. Acabar com os sacos plásticos substituindo-os por sacos de pano personalizados e manufaturados, envolvendo vários grupos nas comunidades locais( escolas, lares de idosos,etc).Para uso próprio e para venda.

Medida proposta 3.:

Atribuir incentivos fiscais ou outros, por exemplo a redução do preço na fatura da água, a quem reduzir a quantidade de lixo e a quem separar o lixo e o entregar para reciclagem. Para tal efeito as autarquias deveriam organizar a recolha seletiva do lixo e ou criar centros de recolha e pesagem do mesmo.