Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Básica Amadeo de Souza Cardoso, Telões, Amarante

Exposição de motivos

A produção de resíduos sólidos urbanos tem vindo a aumentar de uma forma assustadora, ocasionando graves danos ambientais. A reciclagem é a alternativa para minimizar o problema, uma vez que mais de metade do lixo que produzimos pode ser reciclado. Porém, para a viabilização da reci-clagem é imprescindível a separação de resíduos, sendo este um processo que envolve mudança de valores e atitudes, daí ser fundamental a criação de um código de conduta. Assim, este deveria ser um documento compreensivo e eficiente, capaz de criar os mecanismos para combater condutas intoleráveis do ponto de vista ambiental. No atinente à segunda medida, regular a extração de recursos permitiria assegurar a conservação e o uso sustentável dos oceanos e dos seus recursos pela implementação de planos de gestão com base científica, para restaurar populações de peixes no menor período de tempo possível, pelo menos para níveis que possam produzir rendimento máximo sustentável. Por fim e no que concerne à terceira medida, o certo é que estamos a construir um mundo no qual extraímos, fabricamos, consumimos e deitamos fora. Mas, ao longo deste caminho, é preciso intensificar as iniciativas para colocar um travão nesta abordagem. Iniciativas na praia, campanhas de sensibilização junto dos pescadores, palestras e workshops, que em paralelo com alguns projetos de ações para limpar os oceanos teriam impactos positivos nos ecossistemas marinhos.

Medida proposta 1.:

-Criar um código de conduta que obrigue à separação de resíduos para permitir a sua reciclagem.

Medida proposta 2.:

-Regular a extração de recursos, acabar com a sobrepesca e a pesca ilegal, bem como as práticas de pesca destrutivas.

Medida proposta 3.:

-Realizar campanhas de sensibilização/projetos para limpar os oceanos.