Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

EB2,3 da Maia

Exposição de motivos

1. Debates - Foram organizados três debates em contexto de sala de aula com duas turmas do 7º ano e um turma do 9ºano. O total de participantes nos debates foi de 52 alunos e 4 professores.3. Sugestões - Os alunos propõem como tema a debate no próximo ano: O papel das doenças sexualmente transmissíveis no quotidiano dos jovens. Exposição de motivos - Projeto de recomendação: As alterações climáticas são um problema que afeta a sociedade atual e as gerações futuras sendo as suas consequência visíveis. Como os estudos científicos apontam que o aquecimento global é a principal causa das alterações climáticas e que este tem sido acelerado por causas antropogénicas, as medidas propostas neste projeto incidem sobre comportamentos cívicos e morais que devem ser motivo de debate. No nosso projeto focamo-nos na necessidade de reduzir as emissões de gases poluentes e na dependência de combustíveis fósseis, pois acreditamos que mais do que mitigar é necessário adotar comportamentos exemplares que perpetuem a sustentabilidade ambiental. Sensibilizar, incentivar e fiscalizar são as premissas da nossa proposta pois se conseguirmos embutir a necessidade de cuidar do nosso planeta, todos beneficiaremos. Assim a nossa primeira medida incide sobre a necessidade de incentivar a utilização de energias renováveis nas indústrias, dado serem dos principais focos de poluição atmosférica, assim propomos que o governo deve incentivar as indústrias da Região a adotarem energias renováveis pois não são poluentes e apesar do custo de implementação (o governo comparticiparia ou criaria um pacote de isenções ou reduções fiscais para as empresas que aderissem) são sustentáveis a longo prazo. A nossa segunda proposta diz respeito à mobilidade elétrica,os veículos elétricos estão em expansão e como apresentam baixos níveis de poluição em comparação com os veículos a combustíveis, propomos que, uma vez mais, o governo crie incentivos à compra destas viaturas, a bateria dos veículos é alugada e o custo de adquirir uma eleva e muito o valor da viatura, pelo que esta situação devia ser debatida pois tratando-se de viaturas “amigas” do ambiente, adquirir as mesmas (e a respetiva bateria) não deveria ser um encargo elevado para os compradores, defendemos que é necessário uma negociação entre o governo e as empresas que disponibilizam estas viaturas, de modo a encontrar-se um meio termo que estimule a aquisição das mesmas (o governo poderia, por exemplo, adquirir as baterias). A nossa terceira proposta incide sobre a poluição marítima, que está até certo ponto relacionada com as alterações climáticas pois, as tempestades (cada vez mais frequentes) trazem para as nossas costas uma quantidade assinalável de resíduos, pelo que propormos além de uma fiscalização e limpeza das praias mais rigorosa, sensibilizar os visitantes das mesmas para os problemas da poluição marítima, através de placas alusivas a este tema em lugares assinalados e com impacto visual considerável.

Medida proposta 1.:

Utilização de energias renováveis nas indústrias

Medida proposta 2.:

Incentivar a mobilidade elétrica

Medida proposta 3.:

Fiscalização, sinalização e limpeza das praias