Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Básica Sebastião da Gama, Estremoz

Exposição de motivos

Portugal tem uma ligação ao mar desde os primeiros tempos. Temos uma grande tradição de atividades relacionadas com o nosso oceano e a nossa Zona Exclusiva Económica. Se ele morrer, nós morremos sufocados. Sabemos que os oceanos têm vindo a sofrer nos últimos anos e as alterações climáticas estão ai para nos alertar para as consequências do despejo de cerca de 8 000 000 de toneladas de plástico no mar, que leva cerca de 450 anos a bio degradar-se. Continuamos a usar o oceano como um balde do lixo, um poço sem fundo. Sabemos agora, que mais de 90 % do aquecimento global é absorvido pelo mar, e este acaba por passar por uma grande crise ecológica, sem capacidade de preservar a sua biodiversidade. A humanidade está a conduzir a uma extinção sem precedentes da vida marinha, por isso, precisamos de devolver algo aos oceanos, gerir o nosso mar de maneira sustentável e projetar nele o nosso futuro. Portugal é o mar e o mar é um dos nossos santuários. Proteger hoje a água é assegurar o nosso futuro.

Medida proposta 1.:

Nas grandes superfícies comerciais, substituir, os sacos de plástico, por outro tipo de sacos (“amigos do ambiente”) como por exemplo os sacos de papel ou pano.

Medida proposta 2.:

Investir na investigação de produtos "ecosustentáveis, para com isso desenvolver novos métodos de produção. Diminuindo, por exemplo, cosméticos derivados de produtos marinhos, plásticos ou o peixe servido em cantinas públicas provenientes de pesca não sustentável.

Medida proposta 3.:

Formação das "Brigadas de limpeza" nas escolas do pais (fazendo de cada turma uma brigada). Termos um ecoponto por sala. Cada brigada recolhe, pesa e coloca no ecoponto camarário. As brigadas vencedoras ganhariam prémios. Também acrescentando medidas punitivas.