Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Básica de Fragoso, Barcelos

Exposição de motivos

Exposição de Motivos: O nosso planeta bem poderia ser chamado Água, uma vez que dois terços da sua superfície são cobertos por esta substância em estado líquido, absolutamente fundamental para a existência da vida tal como a conhecemos. Ora, nos últimos 40 anos, a ação da chamada vida inteligente na Terra colocou em sério risco a biodiversidade marinha e o equilíbrio dos ecossistemas. Os principais fatores para esta situação são unanimemente reconhecidos pela comunidade científica: aumento da temperatura, acidificação, contaminação, lixo e pesca. Dois desses problemas têm a mesma origem, as elevadas emissões de CO2. Quanto maior a concentração desse gás na atmosfera, maior é sua diluição nos mares, que captam na atmosfera mais CO2 do que produzem. Importa, portanto e de forma urgente, tomar medidas que invertem esta situação e tornem a vida neste planeta e, consequentemente, nos oceanos, sustentável. Trata-se de um desafio à escala global, diretamente relacionado com o desafio colocado pelas alterações climáticas. Mas não podemos simplesmente ficar à espera que outros países ou outras regiões do globo tomem medidas para reverter a situação atual, já de si bastante grave. É neste sentido que o Agrupamento de Escolas de Fragoso propõe medidas exequíveis e de impacto significativo para a redução da poluição e para a sustentabilidade da vida nos oceanos. Debates: O Agrupamento de Escolas organizou dois debates com a participação de alunos dos oitavos e nonos anos. O primeiro debate, apenas a nível de escola, teve lugar no dia 28 de novembro; o segundo debate contou com a participação do Senhor Deputado Joel Sá (PSD) e da Engenheira Grancinda Barbosa, do CMIA de Viana do Castelo. Em cada um dos debates participaram cerca de 70 alunos.

Medida proposta 1.:

Colocação de máquinas de reciclagem em locais públicos em que as pessoas receberão vales de desconto pela colocação de resíduos.

Medida proposta 2.:

Desenvolver campanhas de sensibilização em larga escala com o objetivo de promover hábitos de vida que reduzam o impacto do nosso estilo de vida no ambiente. Tais campanhas desenvolver-se-iam na comunicação social, redes sociais, transportes públicos, cinemas, entre outros, e visariam promover comportamentos como: diminuição do uso do automóvel; redução consumo de água; diminuição do consumo de plástico; eliminação da poluição marítima; redução do consumo de espécies marinhas em extinção.

Medida proposta 3.:

Criação de medidas fiscais que incentivem os municípios a tomarem medidas de proteção do ambiente e da orla costeira, nos casos em que tal se verifique. Tais medidas passariam pela colocação de mais ecopontos, pela criação de dias sem automóveis de forma mais frequente, criação de mais ciclovias, incremento da mobilidade elétrica nas redes de transportes públicos.