Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Básica e Secundária Clara de Resende, Porto

Exposição de motivos

Salvar os Oceanos deve ser deve ser o pensamento e a atitude premente do ser humano face ao drama ecológico oceânico. Para tal, deve-se implementar medidas que ajudem a consciencializar as sociedades para rotinas mais ecológicas, alterar hábitos de consumo e potencializar uma economia ecologicamente sustentável. Assim, deve-se solicitar aos youtubers que sensibilizam os jovens/crianças que subscrevem os seus canais a despertarem para a realidade dramática dos Oceanos. De facto, cada vez mais as crianças/jovens visualizam os canais dos youtubers e, através desse meio, é possível sensibilizar a humanidade para a necessidade de se salvar os Oceanos. Concomitantemente, deve-se apoiar as organizações que trabalham para proteger os Oceanos. Assim, associações como o Fórum Oceano e o Greenpeace atuam dinamicamente nessa área, estando conscientes das reais carências oceânicas, pelo que, apoiando-as financeiramente está-se, de forma célere, a minimizar o drama marítimo. Sensibilizar o voluntariado escolar na limpeza de praias, e dar eco dos mesmo nos meios noticiosos (ex. telejornal) é suscetível de fomentar outras comunidades a realizarem demais ações altruístas para bem dos Oceanos.

Medida proposta 1.:

Solicitar aos youtubers que sensibilizam, através de vídeos, as crianças/jovens que subscrevem os seus canais a despertarem para a realidade dramática dos Oceanos.

Medida proposta 2.:

Apoiar as organizações que trabalham para proteger os Oceanos.

Medida proposta 3.:

Sensibilizar o voluntariado escolar na limpeza de praias e dar eco do mesmo nos Mídea.