Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Básica de São Bruno, Caxias, Oeiras

Exposição de motivos

O aquecimento global, um dos aspetos das alterações climáticas a que a humanidade tem vindo a assistir, começa a preocupar o mundo. Mais do que antes. O relógio não para de contar. Teremos de agir agora, antes que a temperatura suba até dois graus acima dos níveis pré-industriais, pois está provado que os oceanos absorvem o calor da atmosfera. Não parece muito, pois não? Mas será o suficiente para subir o nível dos mares, extinguir milhares de espécies, colocar em risco atividades e comunidades do litoral e muito mais. Medições recentes mostram que, nas últimas décadas, o aquecimento dos oceanos afetou camadas de água situadas muito abaixo da superfície. Este aquecimento exerce fortes efeitos na vida marinha e ameaça ainda mais a biodiversidade. Mas como podemos fazê-lo? Primeiro, assumido que os causadores somos nós e não os outros, e por isso também a solução passa pelas nossas mãos. Vamos agir!

Medida proposta 1.:

Fazer a plantação de árvores junto das áreas industriais e das autoestradas para reduzir a quantidade de CO2 emitido para a atmosfera (responsável pelo aumento do efeito de estufa).

Medida proposta 2.:

Evitar a queima de lixos, nomeadamente fazendo a substituição progressiva dos sacos de plástico por pano, papel ou outros produtos biodegradáveis.

Medida proposta 3.:

Reduzir a venda/compra de produtos embalados à unidade, pois assim reduz-se a quantidade de embalagens – sacos de plástico, caixas de papelão e outros materiais desnecessários. Deste modo, comprar mais significa consumir menos.