Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Colégio Internacional de Vilamoura

Exposição de motivos

1. A escola ouviu a bióloga Ana Pêgo (cerca de 80 alunos escutaram a conferência); teve uma sessão com a deputada Ilda Araújo Novo; Argumentação para a medida 1: Se recorrermos mais a energias renováveis do que a não renováveis, vamos poder reutilizá-las e não vamos poluir tanto. Argumentação para a medida 2: Assim impedimos a venda de cotas de carbono entre fábricas impedindo que cada fábrica polua mais do que era suposto. Argumentação para a medida 3: Se usarmos mais este tipo de transportes e carros, diminuindo o preço, as pessoas vão usá-los mais poluindo menos do que se cada pessoa usar o seu carro pessoal e ao mesmo tempo haverá menos trânsito.

Medida proposta 1.:

Recorrer mais a energias renováveis do que a não renováveis, utilizando o preço que é utilizado para extração de petróleo investindo-o em painéis solares, turbinas eólicas, etc...

Medida proposta 2.:

Modificar a cota de carbono de uma fábrica dependendo do que fabrica (se fabricar eletrodomésticos mais sofisticados que poluam mais a fabricar, mais cota de carbono para essa fábrica; se for uma fábrica que fabrica eletrodomésticos mais antigos que poluam menos a fabricar, menos cota para essa fábrica).

Medida proposta 3.:

Aumentar o uso de carros elétricos e transportes públicos reduzindo o preço, reduzir o uso de automóveis tradicionais.