Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Básica de Cristelo, Paredes

Exposição de motivos

O Dióxido de Carbono ou gás carbónico, também conhecido e chamado de anidrido carbónico, foi descoberto no ano de 1754 pelo escocês Joseph Black, possui a fórmula química – CO2 (2 átomos de oxigénio e 1 átomo de carbono). O gás carbónico é um produto que deriva da reação de processos: combustão de carvão e de hidrocarbonetos (compostos químicos feitos de carbono e hidrogênio), fermentação de líquidos, da respiração dos seres humanos e dos animais. O dióxido de carbono é um composto químico muito importante para o planeta, pois ele é essencial para a realização da fotossíntese (processo realizado pelos seres clorofilados – as plantas, para obtenção de energia, através do uso do dióxido de carbono em formato gasoso –o gás carbónico – junto com a água). O processo da fotossíntese é vital para a manutenção de todos os seres humanos, para as plantas devido a geração da energia vital para ela e para os seres humanos, pois através da fotossíntese as plantas absorvem o gás carbónico e liberam o oxigénio tão vital para a nossa vida. Quando o dióxido de carbono se encontra na sua forma gasosa (gás carbónico), ele tem várias utilidades e funções, como por exemplo: fabricação de bebidas gasosas (dá a efervescência da bebida), em intervenções cirúrgicas, em extintores contra incêndio, em estruturas metálicas, no controle do PH da água (aquariofilia), e é responsável pela temperatura do planeta e pelo efeito de estufa. Porém o dióxido de carbono pode ser maléfico para os seres humanos, pois caso ele seja inalado ou respirado em grandes quantidades concentradas, pode provocar irritação nas vias respiratórias, vómitos, náuseas e em casos mais graves podem causar morte por asfixia (facto que normalmente ocorre em incêndios). Atualmente, estamos a passar por um período de superaquecimento global, onde as temperaturas estão muito elevadas em vários locais do planeta. O excesso de dióxido de carbono que está a ser lançado na atmosfera tem um papel preponderante nesta situação vivida pelo planeta, pois o aumento da concentração de gás carbónico, implica o aumento da capacidade de retenção de calor da atmosfera. Com o desenvolvimento industrial e tecnológico, cada vez mais são usadas máquinas em todos os processos da vida humana. E para produzir tudo isso, o homem acaba atacando o meio ambiente, pois tem lançando grandes quantidades de dióxido de carbono na atmosfera. Uma das causas do excesso de dióxido de carbono na atmosfera é a quantidade da substância que vem sendo produzida pelos setores industriais, automobilístico e de transporte (consumo de combustíveis). Outra fonte de dióxido de carbono causada pelo homem, são as queimadas, que causam graves alterações no ecossistema. Segundo estudos realizados, são lançados, anualmente, na atmosfera por atividades realizadas pelos seres humanos, cerca de 8 biliões de toneladas de dióxido de carbono.

Medida proposta 1.:

Diminuição das emissões de Dióxido de Carbono. 80% da produção de energia elétrica provir das energias renováveis.

Medida proposta 2.:

Promover campanhas de sensibilização, através de documentários, dinamizados pelos alunos do 3º ciclo, de modo a proteger os Ecossistemas marinhos, junto das camadas mais jovens.

Medida proposta 3.:

Criação de um programa junto das entidades competentes para voluntários, reclusos e pessoas que auferem o rendimento mínimo, fazerem a vigilância e limpeza das praias, nomeadamente na época balnear.