Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Colégio de Nossa Senhora da Bonança

Exposição de motivos

Para além de sensibilizar a população para ajudar na limpeza das praias, cuja sujidade é um dos efeitos da poluição dos oceanos mais visíveis para o ser humano, defendemos a criação de maiores incentivos para voluntários. Isto não é novo, mas, infelizmente, o ser humano é invejoso e salvar o planeta (e aulas de surf grátis, como já foi oferecido) não é incentivo suficiente e uma quantia disponibilizada pelo governo (microscópica comparada com outras despesas) para pagar a estes voluntários uma espécie de “salário” ou recompensa, nada de exorbitante, seria vital no esforço de limpar as águas costeiras. Seria atrativo para indivíduos que procuram mais fontes de rendimento e o ultimo empurrão para pessoas que querem ajudar, mas não encontram a motivação. Infelizmente, em ainda muitas áreas, o plástico é um mal necessário. No entanto, é um mal que está a destruir os oceanos e que, em 2050, existirá em maior quantidade do que os próprios peixes. Por isso, sugerimos o aumento dos impostos sobre todos os materiais em que é gasto plástico quando há alternativas viáveis, e a promoção destas alternativas. Falamos das garrafas pequenas de água que gastam quase tanto plástico como as grandes e que continuam a ser usadas quando já existem as reutilizáveis, dos sacos de plástico dos supermercados que são ainda utilizados por muitos quando sacos de pano ou apenas sacos reutilizáveis estão disponíveis, entre outros exemplos que acabam, inevitavelmente, no mar. O nosso objetivo não é proibir estes produtos, mas sim torná-los menos atrativos para quem ignora os problemas ambientais e apenas quer poupar dinheiro. E, além de reduzir o consumo de plástico e a quantidade dele que acaba no oceano, o dinheiro ganho com os impostos pode ser investido em causas que ajudam os oceanos doutras formas. Por fim, para além do plástico, uma das maiores ameaças ao bem-estar do oceano é o petróleo. Adicionando aos seus efeitos nefastos no ambiente no geral, o petróleo é maioritariamente transportado por via marítima, o que causa bastantes vezes derrames e as chamadas “marés-negras”. Estas enormes catástrofes são em alguns casos irrecuperáveis, e apesar de não Por fim, para além do plástico, uma das maiores ameaças ao bem-estar do oceano é o petróleo.Os transportes que necessitam de gasolina e gasóleo. A nossa ideia é tornar estes transportes menos vantajosos com impostos sobre os carros tradicionais, subsídios para carros elétricos e outras opções viáveis aos carros que usam gasolina e derivados, e a transformação gradual das frotas de autocarros convencionais em autocarros também elétricos. Esperamos que com isto possamos diminuir a dependência do petróleo e evitar as suas consequências nocivas para os oceanos.

Medida proposta 1.:

Criar Maiores Incentivos Para A Limpeza Das Praias.

Medida proposta 2.:

Aumentar Os Custos De Usar Plástico E Promover Alternativas

Medida proposta 3.:

Promover Transportes Que Utilizem Energias Renováveis