Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Externato "Delfim Ferreira"

Exposição de motivos

Dotados de todo o dinamismo nacional e internacional, o ambiental sustentável é atualmente entendido no contexto mais amplo do desenvolvimento sustentável, sendo um fator determinante para a integração transversal dos objetivos ambientais nos sectores determinantes do desenvolvimento social, educacional e económico. Deste modo, deve procurar-se promover de uma forma eficaz e eficiente práticas de cidadania consciente, responsável e ativa em todos os âmbitos da sociedade, para que seja exequível caminhar no sentido da sustentabilidade do desenvolvimento sob o princípio da solidariedade intra e inter gerações. O Externato Delfim Ferreira realizou uma sessão de esclarecimento/debate onde participaram todos os alunos inscritos nos ciclos de ensino Básico e Secundário, o PAN - Partido das Pessoas-Animais-Natureza e o Laboratório da Paisagem de Guimarães. Não foi efetuada sessão alguma com a presença de algum deputado da A. R. Outras sessões de tomada de conhecimento de práticas realizadas pela Laboratório da Paisagem em Guimarães serão efetuadas ao longo dos próximos períodos letivos. O termo 'Eutanásia' está entre as mais de duas centenas de palavras que estiveram no topo das consultas e das 24 mais escolhidas no ano de 2018. Assim sendo e tendo em conta a dimensão estruturante na sociedade portuguesa. O avanço da medicina permitiu aceder à felicidade uns e a tristeza a outros. Como disse o filósofo Nietzsche: '... vegetar num estado de vil dependência dos médicos e de tratamentos especiais, uma vez que o significado à vida, se perdeu..' permite concluir que ao fazer esta declaração, afirma que qualquer cidadão deve ter o direito, enquanto pessoa doente de ter uma boa morte. Em relação às regras do programa julgo que deveria ser mais próximo da realidade política nacional, nomeadamente na introdução do ato eleitoral, segundo o modelo legislativo, como acesso à cidadania.

Medida proposta 1.:

- Apoiar Organizações: a promoção de um território sustentável e coeso é uma das prioridades estratégicas mais relevantes do Município; deverá ser reforçado o apoio político para um ordenamento do território com o objetivo de incentivar o desenvolvimento harmonioso e coeso, a valorização das potencialidades dos solos e a salvaguarda da identidade cultural do território, promovendo a integração das suas diversidades e a qualidade de vida das populações, promovendo a sustentabilidade.

Medida proposta 2.:

- Reduzir a poluição dos rios: tendo em conta a Agenda Estratégica para o Desenvolvimento Sustentável a obrigatoriedade de políticas municipais, devem ser reforçadas para o desenvolvimento territorial, nomeadamente na cada vez mais eficiente e sustentável utilização dos recursos e a melhoria permanente da qualidade de vida das gerações atuais e futuras. O envolvimento de Comissões inter-Freguesias, das Juntas de Freguesia e de outros agentes da comunidade local colocará fim aos prevaricadores.

Medida proposta 3.:

- Sensibilizar as novas gerações de diferentes idades para a necessidade da proteção da biodiversidade no território, sobretudo para o uso de um conjunto diversificado de medidas que visem a proteção da estruturas ribeirinhas, pois delas dependem os oceanos. A criação de paisagens protegidas de âmbito local, permitirão a consciencialização dos jovens para a sustentabilidade ambiental, dos espaços urbanos, dos espaços rurais, florestais e ribeirinhos.