Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Básica São João de Deus, Montemor-o-Novo

Exposição de motivos

Mundo em que poucos têm a consciência que, tudo o que não acaba no lixo, acaba no mar, a situação torna-se alarmante. Como combater? Fácil, se as populações tivessem ecopontos perto de si, por exemplo nas escolas, mais incentivo tinham para fazer a mudança. Se os sacos de plástico fossem alterados para uma molécula biodegradável na água, a situação podia estar melhor. Se existisse uma autoridade, com veículos devidamente equipados, a executar não só a limpeza dos oceanos, mas também a prevenção, ou seja, patrulhas nas cidades para averiguar se a população não descarta lixo nas ruas, e se for essa a situação, coimas serão pagas para investir nessa autoridade.

Medida proposta 1.:

1. Encarecer o plástico substituindo-o por materiais de partículas biodegradáveis tais como a mandioca.

Medida proposta 2.:

2. Colocar máquinas de pesagem de plásticos em pontos estratégicos das cidades, sendo que a pessoa irá ganhar um determinado número de pontos num cartão. Quanto maior o peso de plástico que a pessoa depositar mais pontos irá ganhar, podendo estes serem descontados em pontos atrativos da cidade.

Medida proposta 3.:

3. Desenvolver atividades de sensibilização nas escolas, através de campanhas, palestras, atividades práticas e demonstrações, fazendo desde cedo as gerações terem consciência dos problemas ambientais.