Parlamento dos Jovens - Básico


Edição 2018 (2018/2019)

Escola

Escola Básica n.º 1 de Montargil, Ponte de Sôr

Exposição de motivos

As alterações climáticas estão a aquecer os oceanos, causando graves problemas no ambiente marinho, alterando ecossistemas e pondo em causa a saúde pública e a subsistência de muitas pessoas que dependem da biodiversidade e dos ecossistemas marinhos. O aquecimento global ameaça o bem-estar das populações, provocando desequilíbrios na natureza, com destaque para os elevados níveis de poluição que afetam a fauna e a flora, as massas glaciares, os fenómenos meteorológicos extremos (tempestades, secas, ciclones), o aumento do número de incêndios florestais e a desertificação de vastas áreas do nosso planeta. Urge tomar medidas que limitem o aquecimento dos oceanos e que promovam novas políticas e comportamentos relativamente aos recursos naturais, de forma a utilizá-los de forma racional e sustentável. Se nada for feito, muitas espécies não terão tempo de se adaptar às alterações climáticas, as fontes de água doce serão mais escassas, reduzindo dramaticamente a capacidade agrícola e muitas regiões do planeta tornar-se-ão inabitáveis devido às condições climáticas hostis, gerando centenas de milhares de refugiados climáticos.

Medida proposta 1.:

Diminuir as emissões de CO2, incentivando a utilização de energias renováveis de forma a diminuir o efeito estufa que conduz ao aumento do nível das águas do mar e da sua temperatura. Menor carga fiscal na compra de veículos elétricos, aumentar o número de postos de carregamento para veículos elétricos, maiores benefícios fiscais na utilização de painéis solares, maior controlo das emissões de gases poluentes, melhorar as redes de transportes públicos e incentivar a construção de ciclovias.

Medida proposta 2.:

Intensificar a aplicação do “Programa RRR” (Reduzir, Reutilizar e Reciclar) de forma global através de soluções locais. Todas as nações, através das suas regiões administrativas, ministérios estatais e poderes locais publicitariam o programa, com incentivos monetários e fiscais para empresas, campanhas de sensibilização de caráter regional e local, debates em diferentes plataformas digitais, concursos escolares e programas televisivos.

Medida proposta 3.:

Aumentar os apoios à investigação científica, relacionada com as alterações climáticas e os seus efeitos nocivos, nomeadamente ao nível dos oceanos. Portugal deve intensificar todas as formas de investigação científica acerca dos problemas que afetam os oceanos e consequente sustentabilidade da exploração dos recursos marinhos, visando a promoção de políticas que diminuam o extrativismo de recursos e a criação de empregos que restabeleçam o equilíbrio dos ecossistemas.