Home page da Assembleia da República

Debate



"Aplicação do Acordo Ortográfico"
 
d2013-02-06 a 2013-02-28

Regras de Participação   



A Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura, na sequência da aprovação de um requerimento do PCP, deliberou, por unanimidade, constituir um Grupo de Trabalho para Acompanhamento da Aplicação do Acordo Ortográfico, de que fazem parte deputados dos vários Grupos Parlamentares, o qual está a ouvir várias entidades sobre esta matéria e a receber contributos escritos em relação à mesma.

Tendo em vista recolher variadas posições para reflexão, foi deliberado colocar a matéria em debate público, até ao final do dia 28 de fevereiro. Para uniformização da estrutura dos contributos e maior eficácia na sua apreciação, solicita-se que, se possível, seja utilizada a seguinte sequência:

1. Enquadramento da matéria;
2. Objetivos do Acordo Ortográfico;
3. Vantagens decorrentes da aplicação do Acordo Ortográfico;
4. Inconvenientes e problemas resultantes da aplicação do Acordo Ortográfico;
5. Proposta que apresenta;
6. Outras questões.

 

[ pesquisar contributos ] [ enviar um contributo ] [ contributos no debate ] [ todos os debates ]

VISUALIZAÇÃO DO CONTRIBUTO

TÍTULO AO90: Um atentado à estabilidade da ortografia ou o contra-senso insanável entre a unificação ortográfica e o primado da fonética
DATA 2013-02-18
NOME Luis Canau
LOCAL Lisboa

Exmas. Senhoras Deputadas, Exmos. Senhores Deputados, Gostaria de principiar por agradecer a oportunidade que é dada aos cidadãos de se pronunciarem sobre a aplicação em Portugal do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990. Para melhor clareza na leitura, optei por juntar o meu contributo num anexo em formato pdf. Penso que estes fóruns serviriam melhor o propósito para os quais foram criados com alguma espécie de autenticação dos participantes, para evitar múltiplos contributos pelas mesmas pessoas que vêem o fórum como uma espécie de votação, onde o que parece contar é o número de entradas que apoiem a sua posição. Assim, contributos que correspondem realmente a uma posição pessoal, sejam pró ou contra a matéria em debate, perdem-se no meio de citações de artigos de jornais, recados, "bocas" e comentários com pouca ou nenhuma relevância para a discussão. Aparentemente, nada me impede de, por exemplo, seleccionar 200 artigos de jornal e criar uma entrada para cada um, mas opto por colocar apenas o meu contributo pessoal, o qual deixo à vossa consideração. Com os melhores cumprimentos, Luis Canau

Anexo: AO90: Um atentado à estabilidade da ortografia ou o contra-senso insanável entre a unificação ortográfica e o primado da fonética
 

[ resposta a este contributo ]